Hoje na igreja tivemos culto da família e o pastor pregou sobre o Salmo 128, que é um modelo de família que Deus quer para nós. Se você quer ver a sua casa abençoada, preste atenção neste salmo poderoso.

O primeiro e o segundo verso trazem uma promessa para o marido. O homem que teme a Deus e anda nos caminhos do Senhor é feliz, tem paz, é abençoado. Deus lhe dará os meios de sustentar a sua casa, pois foi o próprio Deus quem determinou que o mantenedor da casa fosse o marido. Desta forma, a promessa para ele é poder usufruir dos frutos de seu trabalho com a sua família, pois Deus garante a provisão, nada lhe falta.

Precisamos entender que há uma ordem nas coisas que Deus faz. Em relação à família, foi determinado que o homem fosse o cabeça, não a mulher. Não estou sendo machista ou coisa do tipo, está na Bíblia. Isso foi estabelecido desde a queda do homem relatada no livro de Gênesis 3, quando o Senhor determinou que o homem viveria do suor de seu rosto. Se um lar é controlado e mantido pela mulher, algo está errado (não estou dizendo que ela não possa trabalhar).

Segundo, há promessas para a esposa. A mulher deste homem que teme a Deus será como uma “videira frutífera”. Ela será como uma árvore onde podemos recorrer por causa de seus frutos. Podemos entender os frutos aqui como o fruto do Espírito: Paz, Alegria, Longanimidade, Domínio Próprio, Fidelidade, Amor, Benignidade, Bondade e Mansidão. Quando o marido ou os filhos estão aflitos, eles poderão recorrer à mulher que os nutrirá através dos frutos. Vale ressaltar que para uma árvore ser frutífera, ela deve ser plantada em bom solo (ou o marido temente a Deus). Se ele cuida bem da sua mulher, ela produzirá os frutos mais tarde.

Em Provérbios 14:1 Salomão disse que a mulher sábia edifica a sua casa, enquanto que a tola destrói com suas próprias mãos. Assim, você que é mulher de Deus, aprenda a dar frutos em seu lar. Use de sabedoria para contornar as adversidades na sua casa lar e mantê-la edificada.

A terceira promessa é para os filhos. Eles serão como plantas de oliveira, ou seja, também produzirão frutos. Mas isso depende de como são cuidados. Os filhos representam a descendência deste casal. Como professor, vejo muita coisa absurda devido à má educação que as crianças recebem de seus pais. Uma das coisas que mais me assustam é a arrogância dos filhos, que se acham o centro de tudo e querem suas vontades satisfeitas. São filhos cujos pais não lhes impõem limites, muitas vezes porque não são criados por eles, mas por babás ou empregadas. Muitos simplesmente dão “presentes” aos filhos sem ao menos pensar no que aquilo vai resultar, pois só pensam em manter o filho quieto.

Você que é filho, aprenda a honrar os seus pais, porque é o primeiro mandamento com promessa de bênção. Respeite os seus pais em tudo e obedeça-os, mesmo que você ache que eles estão “pegando no seu pé”. Lembro-me que simplesmente o olhar da minha mãe me fazia me colocar na minha posição de filho e obedecê-la. Eu ficava chateado muitas vezes, mas depois aprendi que era para o meu bem.

Querido(a), se você é pai ou mãe, tome muito cuidado com a sua família. Ela é um presente de Deus para nós, é a base de tudo. Não substitua a atenção e o carinho por computador ou videogame para o seu filho. Orem juntos. Um lar unido na presença de Deus é um lar vitorioso. Orem usando as palavras deste Salmo, crendo que as promessas nele contidas são para vocês.

Leonardo é formado em Letras pela UFV-MG, leciona inglês (língua que ama desde criança) em um curso de idiomas, atua como líder de evangelismo e secretário da igreja onde congrega. Ele é louco por Jesus e pela Obra do Espírito Santo. “Viver em Deus sem limites” é o seu foco.